9 de jul de 2010

Carros ingleses

A Inglaterra é conhecida por várias coisas, como o chá das cinco ou os seus espiões de altíssimo nível (Austin Powers por exemplo). Mas tem um assunto do qual os ingleses entendem muito bem e que pouca gente repara: automóveis.

Sim, meu caro leitor, automóveis! Não me diga que você é daqueles que quando pensa em carros na Inglaterra só se lembra que os ingleses dirigem "na contra-mão", assim como os japoneses? Se sim, leia esse post até o fim e então descobrirá como a Inglaterra é um paraíso para os apaixonados por carros. Agora se você já sabe disso, continue lendo mesmo assim e vamos recapitular!

Antes de mais nada, você é capaz de citar um bom programa sobre automóveis aqui no Brasil? Posso colocar um timer de 3 horas pra você pensar, e mesmo assim aposto que não conseguirá descobrir um que preste. Justiça seja feita, o programa exibido na RedeTV! aos domingos, chamado Auto+ é um muito bom se comparado a "coisas" como Auto Esporte (da rede Glóbulo de desisformação) e Vrum (da TVS... digo, SBT), mas o orçamento pequeno impede que ele se torne um grande programa.

Tem certa rede de postos de combustível dizendo faz tempo que brasileiro é apaixonado por carro, mas cadê a prova? Gastam milhares de reais numa high speed camera pra mostrar uma bola batendo na mão ou cara de alguém, mas na hora de produzir um programa sobre automóveis, apertam o cinto e jogam para um horário onde não atrapalhe as peladas do fim de semana.



Por que eu disse tudo isso? Para comentar sobre um grande programa que trata de automóveis, quiçá, o melhor programa sobre automóveis que existe. E sim, ele é inglês.


- Top Gear



É, Top Gear não é um carro inglês mas sim um programa de TV inglês então não vou me demorar muito escrevendo sobre ele, deixarei apenas um pequeno resumo pois usarei alguns vídeos do programa nesse post e não quero deixar você, estimado leitor, sem saber do que se trata. E do que se trata? Basicamente de respeito aos que gostam de automóveis. A receita é simples: um bom orçamento, boas idéias, três apresentadores que não tem medo de um desafio e pronto, você obtém cenas memoráveis, como quando eles constroem uma minivan conversível (1 e 2), quando eles organizam uma corrida de motorhomes (1 e 2), ou quando eles decidem comprar Porsches por menos de £1500 (1, 2 e 3)

Com o programa devidamente apresentado, agora irei citar algumas das marcas e carros ingleses os quais prometi antes. Prepare seu coração, seu bule e seu tuxedo!


- Jaguar



Talvez uma das mais conhecidas empresas inglesas (ao lado de outra que citarei em seguida), ela é sim conhecida por produzir carros de luxo, mas não se engane caro leitor, um "Jag" anda muito, mesmo que seja um modelo de luxo e não um esportivo. O motivo é bem simples: só porque o carro é de luxo, não quer dizer que ele tenha que ser mole, ao contrário do que os estadunidenses pensam. Conforto sim, suspensão que parece ser feita de maria-mole, não. Um Jag é capaz de andar bem, e rápido, em linha reta (um supercarro estadunidense também), mas um Jag também é capaz de contornar curvas muito bem, de maneira rápida e segura ("Hein, curvas? Como assim curvas?" - Engenheiro automotivo estadunidense sobre "curvas"). E eu estou falando de carros de luxo! Que tal um comparativo? BMW VS Porsche VS Jaguar: Parte 1 e Parte 2

Mas claro, os supercarros são o que interessam quando falamos de grandes marcas, então, que tal um XJ220 na veia?



Motor V6 com 3,5L, twin-turbo com mais de 540cv. Escrevi apenas números e termos sem sentido para você? Bem, aqui vai um número que você entenderá: até 1994, o XJ220 era o detentor do título de carro mais rápido produzido em série, com a velocidade de 350 km/h. Isso não é pouco, concorda?


- Lotus



Essa é a outra marca que está ao lado da Jaguar quando o assunto é marcas automobilísticas inglesas conhecidas. E por um bom motivo, afinal os carros da Lotus são ótimos. Ah, você pode ter ouvido falar da Lotus esse ano na Desfile 1... quero dizer, Formula 1, mas não se engane, aquilo não é a Lotus, é apenas uma equipe (bem "podrinha") utilizando o grande nome da Lotus em vão!

Mas que carros a Lotus produz? Resposta: carros épicos. O modelo mais conhecido da Lotus é chamado "Esprit".



Ele é tão conhecido pelo mundo afora que até influenciou alguns fabricantes de carros fora-de-série brasileiros, como pode se conferir no design do fora-de-série mineiro "Farus ML929", assim como nos modelos seguintes da marca.



Infelizmente o Esprit deixou de ser fabricado em 2004, embora existam rumores que ele pode voltar a ser fabricado em 2012, então vamos cruzar os dedos! Porém, sem o Esprit, qual carro representa a Lotus atualmente? Pois são o Elise e o Exige.



A diferença entre eles é que o Elise é um roadster e o Exige um coupé. Mas conte-me mais, você deve estar dizendo. Qual o motorzão que equipa o Elise/Exige? Pois se trata de um... 1.8L, 4 cilindros em linha, 16 válvulas! Parece pouco? Bem, o motor possui um supercharger e gera mais de 190cv de potência, além disso o carro pesa apenas 914kg, faça as contas e você verá que ele não está pra brincadeira!

Com peso reduzido, motor mais que suficiente, e suspensão muito bem acertada, o Exige/Elise é o que se espera de um bom carro esportivo: rápido! A aceleração é brutal, e ele come curvas fechadas no café da manhã e deixa pra trás muito carro com motor bem maior. Claro que ele não poderá vencer numa prova de velocidade final contra um supercarro, pois ele atinge "apenas" 250 km/h, mas na primeira curva que aparecer, o Exige/Elise mergulha e some enquanto o grande e pesado supercarro estará apenas entrando na curva. Só pra finalizar, um pequeno teste de agilidade: Lotus Exige VS helicóptero Apache!


Agora escreverei sobre marcas um pouco mais desconhecidas do público brasileiro, pode ser?


- TVR



Essa é uma marca que você provavelmente nunca ouviu falar antes. Mas a TVR produz carros velozes e viscerais, com potência de sobra e pouca ou nenhuma ajuda eletrônica, como todo bom esportivo que se preze. Não só o desempenho dos modelos da TVR chama a atenção, mas o design também, assim como o nome de alguns modelos. Que tal um carro chamado "Chimaera", ou "Cerbera"? Ou que tal um carro que aparenta ter sido esculpido à machadadas, como o Sagaris?



Carros belos (embora alguns possam discordar), potentes e que realmente desafiam os motoristas, fazendo-os se tornarem pilotos praticamente. Você acha que esse tipo de carro é pra gente louca? Já ouviu falar de um tal Jackie Stewart? Pois bem, ele pilota muito bem um modelo da TVR, o Tuscan, enquanto ajuda o "Capitain Slow" a baixar seu tempo em 20 segundos. Um belo desafio que ele propôs ao programa Top Gear. E para esse belo desafio, nada melhor que um belo carro. Confira!


- Ariel



Pra você Ariel é nome de sereia ou marca de sabão em pó? Meu caro, você está desatualizado! Desde 2001, Ariel é o nome da montadora que produz o carro mais próximo de um Formula que você poderá dirigir (se tiver o dinheiro necessário, claro). O carro produzido pela Ariel se chama "Atom".



Ele é rápido. Rápido. Muito rápido! Sua velocidade é inversamente proporcional ao tempo que demora para uma unidade ser produzida, afinal apenas 100 Atom são produzidos por ano. Mas não se pode culpar a Ariel por produzir tão poucas unidades por ano, afinal considerando-se que existem apenas 7 funcionários na fábrica e que o carro é montando artesanalmente, até que 100 carros por ano é um bom número.

Agora, o quão rápido é esse carro? Imagine um carro que pesa apenas 500kg, e que na versão Top conta com 500cv de potência. Já ouviu falar em relação peso/potência de 1kg/cv? A exemplo de comparação, o Bugatti Veyron conta com uma relação peso/potência de 1,94kg/cv, quase o dobro do Atom. Já deu pra ter uma idéia, não é? Então veja esse review feito pelo Top Gear, no qual pode-se perceber que usar um capacete é uma ótima idéia ao dirigir esse carro! Check it out!


- Caterham



Essa é outra marca bem desconhecida do público brasileiro, assim como a Ariel, e assim como a Ariel ela produz apenas um carro, o Seven, porém existem modelos diferentes do Seven que diferem em potência e alguns poucos acessórios, como o Seven R500.



Sabe de onde surgiu o Caterham Seven? Pois ele é a evolução direta do Lotus Seven Serie 3, desenvolvido por ninguém menos que Colin Chapman, o fundador da Lotus. Já deu pra sentir como esse carro é especial, não é? A Caterham era uma grande distribuidora do Lotus Seven e quando a Lotus decidiu deixar de produzir o modelo, o fundador da Caterham comprou os direitos do Seven e passou a produzi-lo desde então.

Mas será que o modelo produzido pela Caterham faz juz ao lendário modelo produzido pela Lotus? A resposta é simples: 0 - 100 - 0 mph em 11.44s. Teste realizado pela revista Autocar em setembro de 2002. 12s é o tempo médio que um carro nacional costuma demorar para ir de 0 - 100 km/h. E em 11.44s o Seven consegue sair da imobilidade, atingir aproximadamente 160 km/h e voltar a imobilidade. Tá, comparar com carro nacional não dá uma boa idéia, mas só fique informado que nesse mesmo teste, o Pagani Zonda C12S conseguiu o tempo de 11.84s, e o Porshe 911 twin-turbo conseguiu o tempo de 13.02s. É, me parece que a Caterham consegue honrar muito bem as raizes do Seven.

Em caso se alguma dúvida quanto ao quanto esse carro anda, confira esse review no Top Gear. Mas ao contrário do que Richard "Hamster" Hammond afirma, eu não acho nem um pouco vergonhoso ser visto com um carro tão perfeito quando o Seven! Nesse review ele também avalia um Veritas RS3, porém é evidente o quão superior o Seven é, tanto em visual quanto em performance. Em caso de dúvida, lembre-se ver ver a Power Lap no fim do vídeo, e cheque a posição em que ele se encontra. Logo acima de que carro? Só vendo!


Agora que citei as marcas "meio" conhecidas e as quase desconhecidas, hora de citar duas marcas muito bem conhecidas pelos brasileiros!


- McLaren



Rá! Aposto que essa marca você já conhecia, mas nunca tinha parado pra pensar na nacionalidade dela. Pode ter pensado em algo como Alemanha, por exemplo, não é? Mas a McLaren, a montadora que até hoje só possui um carro em sua história (o Mercedes SLR McLaren não é uma McLaren, é um Mercedes feita com a ajuda da McLaren) e mesmo assim é reverenciada por todos, é inglesa.

Como eu disse, atualmente a McLaren só conta com um carro, que não é produzido desde 1998, mas que carro hein meu amigo? O McLaren F1 é o carro que juntamente com a Ferrari F40 habita o imaginário de todo apaixonado por automóveis. Carros que nasceram, se tornaram lendas ainda vivos, e até hoje continuam vivos na cabeça de todos como os melhores supercarros já feitos.



Lembra-se do Jag XJ220 que eu mencionei anteriormente nesse post? Lembra que eu escrevi "até 1994, o XJ220 era o detentor do título de carro mais rápido produzido em série"? Sabe o quem tirou esse título do XJ220? Sim, exatamente, foi o McLaren F1! Mas como velocidade em linha reta não é tudo, o F1 também se dava muito bem em curvas e freadas fortes, foi amplamente utilizado em várias competições automobilísticas, inclusive vencendo as 24h de Le Mans em 1995. Um Veyron conseguiria passar 24h acelerando forte? Eu duvido muito.

Para aqueles que desejam ver um confronto de titãs numa reta, aqui está: McLaren F1 VS Bugatti Veyron! Lembre-se que o Veyron tem 370cv a mais, e é 6 anos mais novo que o último modelo do F1 lançado. O resultado é óbvio, mas perder por uma diferença tão pequena só mostra como o McLaren F1 é um carro incrível.

E quanto ao futuro McLaren MP4-12C? É esperar pra ver.


- BMC (British Motor Corporation)



Ah, pra acabar bem esse post, eu tinha que citar um carro da BMC. Não é o mais rápido, nem o mais estável, nem o mais bonito, mas você tem que admitir: se tivesse a chance de comprar um em bom estado, e por um preço módico, você não pensaria duas vezes, afinal ele tem tanto carisma quanto o simpático Fusca. Claro que estou falando do Mini!



Sente que já viu esse carro em algum lugar? Pode ser impressão sua... ou pode ser que você tenha percebido que esse é o carro de um personagem quase lendário! É como se fosse o Batmóvel, você não imagina o carro sem o seu proprietário.



É isso mesmo, o Mini é o "carrinho do Mr. Bean"! Incrível como um carro pequeno e simples como esse é provavelmente o modelo inglês mais conhecido aqui no Brasil e em muitas partes do mundo! Além do que, um Mini é como uma lata de Neston. Existem mil maneiras de se dirigir um, invente uma! Caso esteja sem idéias, aqui fica uma sugestão do Mr. Bean: vista panorâmica!


Bem, é isso aí. Espero que tenha gostado desse post e dos vídeos que linkei, porque eu pelo menos acho eles muito maneiros. Então... não adianta, eu achei que podia acabar o post aqui, mas eu preciso citar mais um carro!


- Bristol Cars



A Bristol Cars é uma pequena empresa que monta carros de alto luxo. Mas por que eu citei ela aqui? Ah, só por causa de um carro deles, chamado Bristol Fighter T. Já ouviu falar?



Não? Normal, até pouco tempo atrás nem eu havia ouvido falar dele. Mas posso afirmar que esse carro é incrível. Íncrivel! Por que ele é incrível? Direi apenas duas coisas: 1026cv e 430 km/h. Tá bom né? Bugatti Veyron who?


E então, quem é mais apaixonado por carro, os brasileiros ou os ingleses? É respeitável leitor, os carros ingleses são demais e você não pode negar mesmo que queira! Bem, encerro esse post por aqui, e lembre-se: da próxima vez que avistar um carro inglês tenha em mente que ele não possui apenas uma direção do lado direito da cabine, mas possui também uma alma, pois são carros construidos por quem adora carros, para quem adora carros.

4 comentários:

  1. O máximo que entendo de carros aprendi com games das franquias Race Driver e Need for Speed, então não tenho muito o que comentar, mas pra deixar meu rastro aqui para uma futura promoção vou deixar algumas observações ;)

    Quando bati o olho nas fotos do Esprit pensei "já vi esse carro em algum lugar", enfim, tá aí onde os brasileiros tiraram "inspiração" para a cria de RR, o Farus.

    Já que tocou em TopGear, viu quem foi gravar lá esses dias? http://twitpic.com/237917

    Pra finalizar, talvez os brasileiros sejam mais apaixonados por colocar "som" no carro e deixar o porta-malas aberto tocando um sertanojo do que pelo veículo em si.

    ResponderExcluir
  2. Por favor, Vcs. poderiam publicar o Nº de Litros, Potencia em CV, e Cilindradas-Cúbicas dos Modelos Acima?

    Garto e Abraços, Marco Antonio Papalardo

    ResponderExcluir
  3. Caro VoMarcco, seguem abaixo os dados dos carros que citei nesse post, exceto as cilindradas cúbicas, que são praticamente iguais o número de litros do motor (1984cc = 2.0L por exemplo):

    Jaguar XJ220
    V6 3.5L Turboalimentado
    550CV

    Lotus Turbo Esprit HC
    L4 2.2L Turboalimentado
    218CV

    Farus ML929
    L4 1.3L
    72CV

    Lotus Exige S
    L4 1.8L com Supercharger
    221CV

    TVR Sagaris
    L6 4.0L
    385CV

    Ariel Atom 3
    L4 2.0L com Supercharger
    304CV

    Caterham Seven Superlight R500
    L4 2.0L
    266CV

    McLaren F1
    V12 6.1L
    626CV

    BMC Mini
    L4 1.0L
    39CV

    Bristol Fighter T
    V10 8.0L
    1026CV

    ResponderExcluir